Brasil e Holanda


Brasil 1 x 2 Holanda

Futebol. O esporte mais praticado no mundo, muito fácil de jogar, basta ter uma bola.
Brasil. Única seleção a participar de todas as copas do mundo, conhecido pelo seu bom futebol praticamente imbatível que fazem jus aos seus cinco títulos mundiais.
Brasileiro. Nós brasileiros somos ligados fortemente ao futebol. Desde pequenos somos preparados aos poucos para torcer vibrar e até mesmo jogar este esporte tão maravilhoso que é o futebol.
Nossa ligação é tão forte que nosso pai já nos influencia a torcer pra seu time de coração, lhe vestindo com a roupa do seu time e dizendo que é o melhor, o primeiro brinquedo que uma criança ganha é uma bola, não importa se ela é rica, pobre, negra ou branca, e além de tudo isso somos invadidos aos poucos por um amor incondicional pela nossa seleção que é o máximo que um jogador pode chegar para orgulhar seu país.

Todas as seleções brasileiras demonstraram raça, coração e futebol arte. Mas eu creio que nenhuma seleção foi tão critica e tão desacreditada quanto essa foi. As pessoas não acreditavam que este Brasil, com quase nenhuma cara famosa no futebol mundial, iria ter a capacidade de nos alegrar com o Hexacampeonato, tão esperado, e foi verdade. Mas eles não perderam não por incompetência, não por falta de futebol ou mesmo técnica, eles perderam porque se doaram de mais e foram abalados quando viram ameaçado o sonho de ser campeão.

Quando se ouviu falar de que o Brasil iria enfrentar a Holanda, logo nos lembramos da copa de 94 a qual o Brasil venceu, passando nas quartas de final pelo mesmo time, a Laranja Mecânica. A seleção de Dunga não mostrava um futebol, tão brilhando quanto já mostrou em outras copas como em 2002 ou 58, mas ia bem. Porém a história de 2006 se repetiu, porém, com uma nova roupagem. O Brasil vinha como favorito, batendo recordes, todavia pegou uma chave fraca na qual o único adversário a altura foi Portugal, 2006 também foi assim, nas oitavas pegou um time já freguês, em 2006 pegou Gana, apesar de não serem fregueses os africanos eram um adversário fácil, e chegaram às quartas confiantes, mas com um forte adversário pela frente, 2006 França, 2010 Holanda.

A nossa seleção entrou em campo muito forte, botando pressão nos holandeses, e os mesmos começaram a fazer um teatro que parecia fazer parte de uma armadilha letal para nosso time. Eles incitaram nossos jogadores, cavando faltas absurdas, isso foi bastante para mexer emocionalmente com nossa seleção. Porém o Brasil vinha fechando a marcação, não deixando a Holanda atacar, e ainda no inicio do primeiro tempo conseguiu encontrar um espaço incrível para fazer o gol.

Luís Fabiano começou a puxar a marcação, enquanto Felipe Melo recebia um passa da zaga, enquanto isso Robinho se desmarcava e corria para o meio, numa visão incrível Felipe Melo deu um passe matador para Robinho que fez de primeira sem chances para a defesa Holandesa. Nunca gostei do Felipe, mas garças a esse passe ele conseguiu alguma credibilidade, porém perdeu de vez logo mais tarde.

O Brasil dominou a primeira etapa inteira, ia para o ataque, e não deixava a Holanda avançar, mas o jogo emocional estava funcionando, Robben depois de cavar várias faltas, conseguiu em uma delas fazer com que Michel Bastos levasse um amarelo. Foi o suficiente para Dunga substituí-lo por Gilberto mais tarde.

O segundo chegou, e o Brasil do primeiro era a Holanda do segundo e vice-versa. Foi inacreditável aquele segundo tempo, ele foi terrível, bobo, idiota, não sei o que houve, mas os brasileiros perderam o controle quando levaram o primeiro gol. Que foi um gol, infantil acidental, que eu nunca tinha visto Júlio Cesar tomar.

A propósito foi ai mesmo que o Felipe começou a perder a credibilidade ganha. Ele atrapalhou nosso goleiro, ele fez o gol. Depois jogou feito um idiota, e fez uma falta muito, mas muito, muito desnecessária, afinal não se faz uma falta daquelas nem em pelada quanto mais em copa do mundo, pisar no adversário sem motivo é muita covardia, e essa covardia resultou na sua expulsão.

Depois disso o jogo só desandou. O Brasil começou a jogar tão mal que dava até vergonha. Os ataques estavam regados a desespero e boas finalizações já não vinham. Foi ai que a Holanda tomou de conta do jogo e marcou o segundo gol. Pra mim aquilo matou o jogo, mas pra meu pai não, ainda havia esperança. E o engraçado é que ele achava mesmo que a Holanda iria ganhar, mas acreditava na seleção. Porém, toda a energia positiva, toda a raça e coragem não foram necessárias o Brasil perdeu o Brasil não está mais na copa.
E graças a essa derrota vimos muita gente culpando o Felipe Melo, tirando onda do Dunga mais eu acho isso errado, muito errado mesmo, afinal os caras deram o sangue, sem contar que Dunga fez um trabalho incrível, ainda mais como técnico principiante.
O que mais me dá raiva é que as pessoas reclamam do Dunga não ter levado craques pra copa, mas pelo amor de Deus se só os craques ganhassem a copa pra precisariam de técnico ?
Vejam só, em 82 Telê Santana, (Telê Santana minha gente, não é pouca merda não) ele levou pra Espanha um time com todas as estrelas da época: Zico, Falcão, Oscar, Roberto Dinamite, Dirceu, Sócrates, todos jogadores excelentes, chegaram para a competição e encantaram o mundo, mas perderam.
1998 Zagallo comandando a seleção, tínhamos, Ronaldo, Romário, Dunga, Rivaldo, Taffarel, o time era pau, mas perdeu.
2006 uma seleção de craques, só os melhores do mundo, perdemos.
O que nós brasileiros podemos aprender com isso ? A seleção não é feita somente de craques, ela tem um técnico pra fazer com que o time jogue bem futebol, a seleção tem um técnico porque precisa de um técnico.

Dunga mostrou a que veio e não precisou de craques pra demonstrar isso, sua seleção apesar de convocações desnecessárias como: Felipe Melo, Josué, Kleberson, Grafite, foi muito boa e o Brasil tinha condições de vencer a copa.
Pudemos perceber a falta que um bom jogador como o Elano faz. Kaká sempre tava marcado, L. Fabiano também, Robinho às vezes, o que nós precisávamos ? De um meia armador com visão, quem seria ? Elano ! Faltou ele no jogo. Faltou também a experiência de jogadores mais velhos como Juan, Lúcio, Júlio Cesar e até mesmo do Dunga que como ex-jogador e treinador deveria ter trabalhado o psicológico de seus jogadores, deveria tê-los preparados para derrota ou o eventual gol . Apresentamos bom futebol, jogamos com raça e determinação, faltou só experiência, experiência essa que jogadores como : Neymar, Ganso, Pato não tem.
Ronaldinho, Adriano e Ronaldo não foram por falta de competência e comprometimento com a seleção, eles não queriam jogar .

O único problema dos brasileiros é que ele é facilmente manipulado, não tem capacidade de pensar, usar um pouco sua cabeça e refletir um pouco antes de votar, antes de atirar pedra em quem não merece ser apedrejado, perguntar antes de bater . Dunga fez de uma seleção mixuruca, que poderia ser igualada a qualquer time brasileiro como São Paulo ou Flamengo e transformou em uma potencia, temida, o Brasil como time de futebol era temido nesta copa, porém a emoção falou mais alto que a emoção e perdemos a tranqüilidade e não pudemos mostrar nosso bom futebol no fatídico segundo tempo contra a Holanda.

Fazer o que ? Perdemos . Bola pra frente, a vida continua . Meu último post sobre a copa . Nos veremos nos amistosos e competições que envolvam a seleção brasileira, mas essa copa já foi. Que bom que ainda temos 2014 pela frente . BRASIL VAI SER HEXA PORRA !

2 comentários:

Anônimo disse...

A Laranja Mecânica não seria a Holanda de 1974? (vc se referiu à de 94).
Flamengo e São Paulo... times mixurucos? São os únicos times que sabem o que é ser Hexa de alguma coisa, PORRA!...rsrs...
Resumidamente, o Brasil perdeu pro emocional e pelo "Sobrenatural de Almeida", foi um jogo atípico de resultado fora de qualquer lógica...
Saudações! (Jamison Nascimengo)

Wendell Amaro disse...

Não, é porque eu sempre me refiro a Holanda como Laranja Mecânica mesmo, soa bem . aushaus

O qeu eu quis dizer com time mixuruco foi em relação a uma seleção, o São Paulo e o Flamengo não são times mixurucos, porém não estão em nivel de seleção, isso qeu eu quis dizer . ;D

Sobrenatural de Almeida . aushasau
Graande Nelson Rodrigues .

Abraço cara e continua lendo o blog !