Brasil e Córeia do Norte


Brasil 2 X 1 Coréia do Norte

Aêêêê, ano de copa do mundo, todo mundo se preparando para o maior evento esportivo do mundo, a galera do Brasil esperando pela boa atuação da seleção, a galera das outras seleções morrendo de medo da nossa, e todos os brasileiros vão se lembrando que são brasileiros ! Pois dizem que a gente só lembra de ser brasileiro em jogo do Brasil, mas vamos analisar se a seleção brasileira é a única coisa que nos dá orgulho, nós vamos nos lembrar de ser brasileiros por mais o que ? Nossa política, nossa justiça, ou quem sabe nossa educação ? Ah peraê !
Mas enfim o que importa é que em jogo do Brasil ninguém trabalha, ninguém estuda, e aqui na minha cidade o prefeito percebeu isso e já decretou que todo mundo só ia trabalhara te 14:00 hrs. E foi assim, a cidade inteira em movimento, bares cheios, a galera na casa dos outros comendo pipoca, tomando cerveja, vestidos com a camisa da seleção e fazendo zoada com o que quer que seja, todo mundo ansioso pela estréia do Brasil na copa.
Então, começa o jogo e a Coréia do Norte, que no ranking da FIFA está em 101° enquanto o Brasil está em 1°, não apresenta muitas dificuldades aos jogadores brasileiros que iniciam o primeiro tempo jogando bem, atacando... Mas no decorrer da partida o jogo fica morno, parado sem grandes jogadas, dribles ou qualquer coisa que anime a torcida. Pelo primeiro tempo, a maioria dos torcedores sentiu sem eu coração que está não seria a copa do hexa, e todas as grandes expectativas estavam erradas, mas o segundo tempo estava lá e os jogadores brasileiros tinham a oportunidade de provar o contrário, e foi o que quase fizeram.
No segundo tempo, o ritmo não aumentou muito, pelo menos não nos primeiros dez minutos, mas daí para frente, o Brasil começou a atacar com mais eficiência, e conseguiu marcar, num belo passe de Elano para Maicon que com um chute fortíssimo que pegou a todos de surpresa, pois achávamos que ele iria cruzar, mas não, bateu sem ângulo e fez o gol. O povo se alegrou com isso, mas ainda estava inconformado com atuação brasileira até ali. Quando saiu o segundo gol, nascido de um lindo passe de jogada ensaiada dado por Robinho a Elano que completou com um chute de direita no canto oposto, até os brasileiros mais céticos com a seleção de Dunga começaram a acreditar um pouco no futebol brasileiro.
Mas o jogo esfriou novamente, até chegar ao ponto da Coréia do Norte marcar.
Minha esperança é que ele seja que nem o saudoso Zagalo, que sempre começava ganhando, mas não de muitos gols, por quê ? Estratégia. A seleção ganhava de um ou dois gols no máximo, para não instigar as outras seleções a se prepararem, assim o Brasil tinha alguma vantagem, e essa estratégia quase sempre dava certo (quase sempre porque em 98 a final não foi muito agradável).
Por fim, o Brasil não teve a melhor estréia da copa, sua atuação não convenceu apenas venceu, nesse primeiro jogo não pudemos conferir a leveza do futebol sul-americano, vimos um jogo bastante técnico e sem grandes jogadas, mas está bom, conseguimos os três pontos o que é um grande passo para avançar já que nossos outros adversários só conseguiram um empate sem gols. Porém bom, está longe de excelente ou brilhante, então se Dunga quiser vencer essa copa vai ter que nos surpreender mostrando aquilo que todos querem ver: FUTEBOL ARTE .

Nenhum comentário: